• "O objeto deste trabalho consiste na análise das representações do tema do adultério em certos romances portugueses dos anos de 60 e de 70 de Novecentos. Sendo este o objetivo do estudo, são apresentados, de forma implícita, outros temas literários como o casamento e o amor. Estes temas desdobram-se em variadas concretizações discursivas, que indicam situações e experiências amorosas, umas convencionais e outras híbridas e, ainda, as correlativas identidades dos respetivos sujeitos masculinos e femininos nelas envolvidas.
    Ao analisar as representações do tema do adultério em alguns textos romanescos da Literatura Portuguesa da segunda metade do século XX, não pretendemos nem estabelecer nem esclarecer o que são o casamento e o adultério e a respetiva evolução sociocultural ou as várias interpretações contemporâneas do termo "casamento" e do seu "negativo" tipificado, o adultério." (Da Introdução.)

  • Nina é uma jovem mulher que se vê confrontada com a ausência misteriosa do seu pai. Habita numa casa paga ainda por este, mas o facto de ficar sozinha obriga-a a fazer um balanço dos acontecimentos. Este relato centra-se nos relacionamentos que estabeleceu com três figuras masculinas, que desempenharam diferentes papéis na sua vida e que a moldaram: um desapareceu sem deixar rasto, outro foi um namorado relutante e o terceiro, o melhor amigo, morreu repentinamente. Rememorando cenários e pessoas, evocando sentimentos e emoções, Nina sente que deixou de ser quem era, apercebendo-se de que um ciclo de vida terminou. Decide, então, partir em busca de si mesma e do que o destino lhe reserva.

empty